• advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt

Evandro Andersen

Members
  • Content count

    55
  • Joined

  • Last visited

  • Days Won

    8

Evandro Andersen last won the day on April 29

Evandro Andersen had the most liked content!

Community Reputation

45 Excellent

About Evandro Andersen

  • Rank
    Terceiro Sargento

Recent Profile Visitors

79 profile views
  1. Bom dia, preciso que quando o usuário digite ' (aspa simples) em uma tela, esse caractere seja trocado por um caractere de espaço isso tem que valer para todos os campos da tela, alguém tem alguma dica ? Att, Evandro Andersen
  2. Lega, Cezar fico no aguardo!
  3. Boa tarde Fábio, eu gostaria de usar o Editor Gráfico para este relatório, assim como sempre fiz no Crystal Reports
  4. Olá, preciso imprimir um PEDIDO em uma impressora MATRICIAL, antes eu usava o CRYSTAL REPORTS, nele eu podia escolher a FONTE DRAFT (vide imagem abaixo), é possível utilizar estas fontes no Gerador de Relatórios do Windev ? ou vou ter que gerar o relatório em modo texto e enviar diretamente para porta ? Att, Evandro Andersen
  5. @pvsousa, eu faço e gerencio todos os relacionamentos direito no Postgresql eu não uso as opções de relacionamento da Analise, hoje eu tenho 2 aplicativos acessando a mesma base de dados, uma feito em Cobol e outro em Windev, então não tenho problemas. Evandro Andersen HDTec Software
  6. Isso mesmo Cassiano, uso a opção "Update the Analysis from the external databases" Evandro Andersen
  7. Então Cassiano, esse é um "problema" que eu ainda não consegui resolver quando você faz um insert usando os comandos SQL, você informa quais colunas serão usadas, então se você não informar alguma coluna, automaticamente o banco irá usar o valor DEFAUL desta coluna exemplo: o campo data de um pedido, eu não informo ele no sql mas o default dele é now(), então a coluna será preenchida com a data/hora atuais isso funciona perfeitamente quando EU digito o SQL, MAS... se eu usar os comando H, como por exemplo HADD, todas as colunas da tabela são enviadas ao motor do postgresql durante o insert, desta forma eu não consigo usar o recurso do DEFAULT da coluna no exemplo acima, se eu usar o comando HADD, eu sou obrigado a informar o valor da coluna pedi_data antes de executar o HADD talvez alguém tenha resolvido isso já, mas eu não consegui Evandro Andersen HDTec Software
  8. Pode e deve usar NULL Cassiano Então ai vem a dúvida, alguém pode explicar esse negócio de NULL, NOT NULL e DEFAULT? Default Null = se o campo não for informado no comando insert, ele receberá o valor NULL automaticamente Not Null = você será obrigado a informar algum valor ao campo, ele não irá aceitar NULL Default = você pode informar um valor para quando a coluna não for informada no comando sql, por exemplo, na tabela pedidos, você tem um campo pedi_datahora, você pode colocar ele como NOT NULL e DEFAULT com o valor Now(), assim caso você não informe a coluna no insert, automaticamente o banco irá preencher a coluna com a data/hora atuais. Evandro Andersen HDTec Software
  9. Olha Cassiano, eu não desligo a chave estrangeira nunca, vamos a um exemplo prático: digamos que você tenha uma tabela de pedidos, onde nessa tabela tenha uma coluna pedi_cliente que é uma coluna obrigatória, pois todo pedido é obrigado a ter um cliente vinculado, não adianta você desligar a Foreign Key, porque depois de importar os dados, quando você recria-lá, o banco irá "reclamar" mas se for uma situação, onde por exemplo o cliente ainda não esta criado, mas será criado até o final da transação, basta você marcar a foreign key como Deferrable, marcando essa opção, o postgresql só vai validar o relacionamento no final da transação Evandro Andersen HDTec Software
  10. Toda a parte de relacionamento entre as tabelas eu gerencio direto no Postgresql não levo nenhuma informação para a Análise do Windev Como seria um exemplo prático de CASCADE x RESTRICT x NO ACTION x DEFAULT R= exemplo de cacade: você tem uma tabela de pedidos e pedidos_itens, ao deletar um registro da tabela pedido, todos os registros da tabela pedidos_itens também serão excluídos R= exemplo de restrict: se você tentar deletar um registro da tabela pedidos que ainda tenha registros vinculados na tabela pedidos_itens, o banco de dados não irá permitir o delete R=exemplo de NO ACTION: você deleta um registro na tabela pedidos e o banco não valida se tem registro na tabela pedidos_itens R=exemplo de DEFAULT: digamos que você tenha uma tabela de clientes, e exista um campo clie_vendedor que esta relacionado a tabela vendedores, se você excluir um registro na tabela vendedores, e o DEFALT do relacionamento for NULL, e este tiver algum cliente vinculado a ele, o banco irá atualizar o campo clie_vendedor de todos os clientes vinculados para NULL Se não adianta mesmo mexer isso na análise pq não atualiza o banco, tendo q fazer tudo no banco somente. R= como eu disse, eu faço tudo no banco e depois atualizo a Analise Em caso de se utilizar CASCADE e RESTRICT como fica no dia a dia para remover algum registro em caso de restrição? R=usando o mesmo exemplo das tabelas pedidos e pedidos_itens, digamos que vc deixou marcado como restrict, para deletar um pedido, você será obrigado a antes deletar os registros da tabela pedidos_itens e depois estará liberado para deletar o registro da tabela pedidos Evandro Andersen HDTec Software
  11. Eu sempre usei NULL e até agora não tive problemas Evandro Andersen HDTec Software
  12. eu sempre faço a alteração no banco e depois atualizo a Analise, as alterações são replicadas a todos os campos, assim como acontece com o Hfsql Evandro Andersen HDTec Software
  13. Vou te falar como eu faço Cassiano, digamos que eu queira criar um campo novo em uma tabela já existente: ao invés de alterar a Analyse e ela fazer a alteração no banco, eu faço o contrário, eu altero a tabela no banco e depois abro a analyse e mando atualizar a analyse com base no banco de dados, e para replicar essa alteração da base nos clientes, eu gero um arquivo .SQL com as alterações que foram feitas você pode montar esse SQL de atualização manualmente, mas eu uso um software chamado Database Comparer da empresa EMS, ele compara 2 bases de dados e gera um script SQL de atualização, funciona 100% Evandro Andersen HDTec Software
  14. @Cassiano Basta você executar o pg_dump, você pode fazer isso direto do windev ou ainda criar um arquivo .bat e colocar no agendador de tarefas do windows abaixo um exemplo de linha de comando para backup "C:\Program Files (x86)\PostgreSQL\9.6\bin\pg_dump.exe" -h 127.0.0.1 -p 5432 -U postgres -F p -C -v -f " BKP_HDTEC.sql" HDTEC Evandro Andersen HDTec Software
  15. Resolvido Rinaldo, alterei de WM_KEYDOWN para WM_SYSKEYDOWN Ficou assim a captura do evento: Event("tecla_pressionada", "*.*", WM_SYSKEYDOWN) agora tá funcionando 100% Obrigado