• advertisement_alt
  • advertisement_alt
  • advertisement_alt

Fábio Senji

Members
  • Content count

    81
  • Joined

  • Last visited

  • Days Won

    17

Fábio Senji last won the day on July 31

Fábio Senji had the most liked content!

Community Reputation

27 Excellent

About Fábio Senji

  • Rank
    Segundo Sargento
  1. Ah, é em Webdev? Vi outro erro parecido em algum lugar aqui no fórum. Era um problema de pasta muito grande e havia uma subpasta de nome bem numérico igual no seu caso. É também costumeiro evitar acentos/cedilha em nomes de pastas com programas chatos, ou que envolvam certos scripts em txt (bash, acho), ao que entendi. Recomendo vc criar um caminho de diretório curto, sem acentos nem espaços no nome, salvar a coisa toda lá e ver se resolve. Se o caminho está variando também, e tem esse monte de zeros, me pergunto se há alguma configuração de download do SCM para alguma pasta dinâmica (?) Obs: O arquivo referido por seu erro está com duas extensões. Houve algum engano aí com aquela opção estranha do Windows de ocultar extensão de arquivos? (PhoenxForceOS.wdp.wcp)
  2. Resolvido: Vide imagem. 1-Acessar o código de cada botão, clicar "Add other processes to BTN NomeDoBotão", habilitar Left Button Down, Left Button Up, Mouse Rollover e Exit from Rollover. 2-Implementar os códigos de acordo com as cores de cada estado.
  3. Saudações. Haveria um meio de setar as cores dos estados rollover e pressed de um botão por programação ou adaptar uma palheta de cores do webdev para windev? Tentei com a propriedade ..BrushColor do botão mas ela parece setar a mesma cor a todos os estados (rollover, pressionado, etc). Quero aplicar uma palheta de cores Webdev a uma aplicação em Windev, mas ao que entendi o formato do arquivo de estilo é diferente entre os softwares, e não achei o mesmo estilo para Windev. Assim, estou pintando botões manualmente no Windev. Contudo, o estado ..Grayed dos botões ficou estranho e tive de fazer uma função para aplicar/remover state Grayed juntamente com a cor certa. O problema é que essa função aparentemente remove as cores de rollover e pressed dos botões quando mudo suas cores com a propriedade ..BrushColor, que parece se aplicar a todos os estados do botão. A função em Windev, caso interesse: PROCEDURE BotaoGrayed(sNomeBotao is string, bGrayed is boolean = True) cBotaoAtivo is Color = RGB(43,187,173) cBotaoGrayed is Color = RGB(57,249,255) IF bGrayed THEN {sNomeBotao,indControl}..BrushColor = cBotaoGrayed {sNomeBotao,indControl}..State = Grayed ELSE {sNomeBotao,indControl}..BrushColor = cBotaoAtivo {sNomeBotao,indControl}..State = Active END
  4. Depois de muito insistir confirmei que algumas operadoras não funcionam com alguns modens. Foi necessário novo chip. Esse modem particularmente funciona mesmo com a luz vermelha, ao que me recordo.
  5. Minha experiência com mysql tende a zero, mas me pergunto se seria algum erro de permissão de acesso ou se as tuplas de dados não estariam sendo reconhecidas pela busca, por serem de uma "nova" (modificada) tabela.
  6. Talvez haja um meio mais simples (se alguém souber, nos conte). Mas hoje eu criaria uma procedure da janela que checasse o texto inserido em um campo e usasse Replace pra trocar o caractere. Daí usaria isso em cada momento de modificação de campo, por parte do usuário. Vc pode usar umas indirections pra deixar sua função geral, chamando-a passando como parâmetro uma string com o nome do controle (ControleTal..Name) [veja exemplo de código anexo]. Ou talvez usar EnumControl se for fazer a função geral para todos os controles pertinentes da janela, mas daí teria que diferenciar os controles de alguma forma olhando, se recordo, as propriedades dos controles (campos ..), ou deixar o software rodar um pouco mais de processamento checando também o texto de botões e etc. Talvez fosse mais simples checar o teclado com KeyPressed a fim de saber se o usuário digitou apóstrofo, e trocar por espaço, mas aí não sei como acharia o controle em questão pra trocar o valor digitado (algo pro lado de SetFocus, mas pegando o foco e não setando..?) Exemplo de esboço de código: PROCEDURE TrocaApostrofo(sNomeControle is string) sStringNoControle is string = {sNomeControle, indControl}..Value RESULT Replace(sStringNoControle, "'", " ")
  7. 1- Suponhamos que o ip do seu PC na rede interna seja 192.168.0.50 . Em seu pc, no navegador ou outros softwares (a exemplo o simulador nativo do windev mobile), isso é o mesmo que localhost, até onde eu sei. Já num simulador de terceiros, creio que vc deva inserir 192.168.0.50 e que localhost faça referência ao dispositivo virtual simulado ou algo assim (alguém me corrija se eu estiver erado na lógica). Vc sabe onde está seu webservice, certo? 2- Provavelmente vc está convertendo ou exibindo errado os valores recebidos, que devem estar vindo certos. Seria estranho eles virem errados somente no mobile, exceto se vc passasse parâmetros diferentes. 3- O webservice pode ser consumido em mobile ou em desktop da mesma maneira, ao que me recordo. Se jogar no google "webservice windev", já terá diversos resultados, incluindo vídeos detalhados. Ao que entendi o que vc precisa é mais simples que usualmente é explicado nas fontes online. Se ficar alguma dúvida manda aí.
  8. Algumas observações (leia todas antes de dedicar tempo a alguma, umas podem ser mais rápidas de testar): 1-O simulador nativo do Windev Mobile costuma gerar erros diferentes da realidade, veja se consegue compilar pra um dispositivo real (não sei como é a versão Student aí, se permite isso). Se não tiver como mandar pra um celular ou tablet reais, experimente mandar pra um simulador não nativo como o Memu, por exemplo, e veja se o erro se repete (lembrando que para a execução no Memu vc terá de referir o ip do PC de outra maneira, "localhost" será referente ao simulador, e não ao PC). 2-O que significa "o conteúdo está vindo vazio"? Quer dizer que quando vc o exibe, aparece "0"? Vc está exibindo corretamente? No navegador, o que é exibido, o dado bruto? Há alguma diferença de parâmetros que vc passa em cada caso? Experimente tentar exibir o dado de outra forma, veja o help da função JSONToVariant. Não sei se pode haver algum bug com a desserialização automática da Deserialize que vc usou, nunca testei. 3-Vc procurou algum exemplo disso que está tentando fazer? Há alguns exemplos engessados que costumam simplificar nossa vida. Vc não precisa usar o MAPPING de variáveis quando está começando, não precisa copiá-los, mas nada impede de simplificar e simular um deles pra funcionar da primeira vez, e depois brincar com ele, modificar pra ficar a seu gosto e vc entender a coisa pra poder apresentar com tranquilidade. Se ficar perdido, procure eliminar gradativamente as regiões onde possa estar seu problema. Talvez o pessoal mais experiente possa lhe dar alguma dica melhor.
  9. Cassiano, vc configurou o Content da tabela? Não apenas o File Link, coloque o Content também associado ao seu array de struct e depois vincule os contents das colunas aos campos da struct. Fiz isso, dei um TableDisplay só com o nome da tabela e deu certo. Segue um código que coloquei num botão de testes, que cria uma "instância" da struct, joga no array e dá table display. OBS: Se diz "instância" da struct, como pra um objeto, ou tem outro nome? Rsrs stMeuObj is stClientes stMeuObj.nCodigo = GeneratePassword(Random(1,8),"0123456789") stMeuObj.sNome = GeneratePassword(3,"ABCDEFGHIJKLMNOPQRSTUVWXYZ") ArrayAdd(garrClientes,stMeuObj) //garrClientes é meu array de structs (global na janela) TableDisplay(TABLE_Tabela)
  10. Não sei se entendi, vc quer criar uma Structure dinâmica e ligar a uma tabela dinâmica da mesma maneira?
  11. Clique e segure o cursor sobre o título do post, nessa página em que vc vê o conteúdo do seu post, para editar o título
  12. Não sou acostumado com impressões nem reports, mas vc conferiu as funções iCreateFont e iFont?
  13. Não sei fazer isso de um jeito otimizado, fácil e inteligente, que deve ser o que vc procura rsrs, mas preenchendo a tabela por programação relembro que seria só dar um hfilter com parâmetros do superitem e preencher os itens a seguir, dois loops FOR, certo? Ou então, talvez um controle treeview fosse útil?
  14. Ontem olhamos isso aqui na empresa e não achamos solução. Agora que vc falou, fui ver de novo, abri um outro estilo, que permitia redimensionar isso. Fomos ver aqui, não havia imagem associada ao estilo em Description / Style / Element: Images of Panes / Image of the Panes / campos diversos. Parece que a tal imagem de estilo trava a altura do negócio. Tirando-a, podemos redimensionar. Valeu demais!!
  15. Vou tentar de novo, obrigado, Cassiano, qualquer coisa que descobrir dou um feedback, valeu a dica