Cassiano

Administrators
  • Content count

    145
  • Joined

  • Last visited

  • Days Won

    35

Cassiano last won the day on May 15

Cassiano had the most liked content!

Community Reputation

66 Excellent

1 Follower

About Cassiano

  • Rank
    Primeiro Sargento

Recent Profile Visitors

78 profile views
  1. Não sei como poderia ser, mas o q poderia tentar, seria mudar os estilos e comparar o q muda entre 1 e outro, já tentou fazer isso?
  2. Talvez usando javascript Tenho um exemplo q peguei dos exemplos do windev (não lembro qual) onde o mesmo pra imprimir faz o seguinte: ActiveX_Web>>Navigate("javascript:self.print()") Quem sabe seja a mesma lógica, porém sabendo como invocar o método ali via JAVASCRIPT
  3. Q eu sabia não. Tem o BuildBrowsingTable, mas precisa ter uma table em uma window para ser populada com a função q mencionei. Talvez se usar control create e tal, mas acho q seria muito trabalhoso.
  4. Top era tipo isso q tava querendo... Vlw @Rinaldo Xavier
  5. Essa técnica do @Cleiton Fidelis uso tb no Fastreport, agora será q não teria alguma outra forma?
  6. Então eu não trabalho dessa forma, estou estudando ainda, infelizmente não sei ajudar com mais riqueza de detalhes. Lá nesse vídeo q eu passei tem uma sequencia no canal dele de aulas sobre o assunto, mas mesmo assim parece um pouco superficial ainda, caso vc encontre algo e seja possível compartilhar aki conosco tb agradeço.
  7. Tem no "Dicas e Truques" do Pedroso (aki nesse link) Tem tb no Windev ao fazer uma nova window escolhendo RAD e depois modelo MVP, com isso irá pedir a tabela ou tabelas para criar o form e já serão criadas as classes OOP para manipular as mesmas. E aki nesse link tb tem um vídeo em espanho falando algo a respeito a partir do minuto 7:00 mais especificamente. Agora seja algo fora desses exemplos q abordei, poderia fornecer mais detalhes do q precisa?
  8. Vlw @Mello Junior é uma boa ideia pensando-se em controle de limite de usuários q podem utilizar o sistema, obrigado por compartilhar.
  9. Conseguiu resolver Gonzaga? Como ficou? Tentou criar um novo projeto (não um novo looper no projeto atual) e neste novo projeto fazer o teste?
  10. Pensei tb em algo nesse sentido, criar um token q seria oriundo de um hash de alguns dados cadastrais do cliente, ai amanhã ou depois preciso bloquear bloqueio o token, tipo uma flag, habilitado ou não. E ao salvar o token no banco onde terá os dados do cliente q compuseram o token / hash, uma informação amarra a outra, ou seja, não tem como mudar alguma informação q compôs o token/hash sem afetar o mesmo e necessitar de uma nova validação do token. Acredito q assim vai resolver. Vlw galera!!! Vlw @José Willem
  11. Pessoal, esse negócio de cliente servidor pra mim é algo novo no sentido de q hj o sistema roda no servidor e as estações via TS, então é como se fosse tudo no servidor. Hj qdo libero uma licença de uso, uso algumas informações da maquina (serial motherboard, hd, rede etc) ai blz... se acaso cliente trocar alguma das peças ou sistema for rodar em outro hardware se faz necessário desabilitar licença anterior e habilitar licença nova. Funciona muito bem, online, etc etc... Agora minha dúvida é a seguinte. A partir do momento q eu tiver meu sistema em Windev rodando EXE individuais em cada terminal com banco de dados centralizado, essa lógica acima já não irá funcionar, pq se por exemplo temos um cenário com 3 terminais e 1 servidor (banco de dados) e vou liberar a licença de uso no terminal 02, as informações de hardware serão do terminal 02, ao entrar no sistema pelo terminal 01 ou 03 já ferra tudo. Como fazem? Não quero ficar amarrado a questão do TS q ai precisa de licença do TS etc.
  12. Código abaixo pra saber nr de série da placa mãe. objLocator is object Automation "WbemScripting.SWbemLocator" objService is object Automation dynamic Results is object Automation dynamic WHEN EXCEPTION IN objService = objLocator>>ConnectServer(".", "root\cimv2") objService>>Security_>>ImpersonationLevel = 3 // Motherboard infos Results = objService>>ExecQuery("SELECT Manufacturer, Product, Version, SerialNumber FROM Win32_BaseBoard") FOR x = 0 _TO_ Results>>Count -1 Trace("Manufacturer : ",Results>>ItemIndex(x)>>Properties_("Manufacturer")>>Value ) Trace("Product : ",Results>>ItemIndex(x)>>Properties_("Product")>>Value ) Trace("Version : ",Results>>ItemIndex(x)>>Properties_("Version")>>Value ) Trace("SerialNumber : ",Results>>ItemIndex(x)>>Properties_("SerialNumber")>>Value ) Trace("=========================") END DO Error("Erreur execution WMI",ExceptionInfo(errInfo)) ExceptionEnable() END RETURN
  13. Vou transcrever abaixo um trecho extraído do manual, veja se é o q vc procura. Histórico de notificações exibidas no HFSQL Control Center O HFSQL Control Center permite exibir o histórico de incidentes que ocorreram no servidor. Para ver este histórico: Inicie o HFSQL Control Center. Selecione o servidor solicitado. Exiba a guia "Notificações". A lista de notificações enviadas pelo servidor é exibida. Você pode: excluir uma notificação. atualizar a lista.
  14. serial 4 bytes autoincrementing integer 1 to 2147483647 bigserial 8 bytes large autoincrementing integer 1 to 9223372036854775807 Pensando-se em volume de dados e evitar conflitos, o BIGSERIAL fornece mais possibilidades, porém ocupará mais espaço no banco, cada um precisará avaliar bem seu contexto se usará SERIAL, BIGSERIAL ou UUID (q tb é uma outra possibilidade para evitar conflitos, mas não é sequencial) Até o momento foi as informações q consegui levantar, se alguém quiser complementar ou corrigir algo q talvez tenha falado equivocadamente, por favor, fique a vontade.
  15. Não seria SysIconAdd SysIconAdd("C:\My Projects\sbp_files\paragon.ico", MENU_PopupMenu2, "I am minimized")