Cassiano

Administrators
  • Content count

    83
  • Joined

  • Last visited

  • Days Won

    24

Cassiano last won the day on March 28

Cassiano had the most liked content!

Community Reputation

46 Excellent

About Cassiano

  • Rank
    Aprendiz

Recent Profile Visitors

50 profile views
  1. Boa tarde, segue em anexo: Vídeo introdutório sobre a demonstração a título de compartilhar conhecimento da integração via HTTP Request métodos POST e GET com a API WTS Api para integração com o Whatsapp. Vídeo explicativo do funcionamento da API Backup do Projeto Link para Manual da API Sobre a API podem falar diretamente com o Hendell criador da mesma. Contato do Sr. Hendell 62 9 8165-9440 Salientamos q nosso objetivo aki é compartilhar e promover conhecimento. A questão da API, comercialização etc é diretamente com Sr. Hendell da WTS Informática. O fórum WxDev ou seus moderadores não tem qualquer vínculo ou responsabilidade. Em anexo, vídeos demonstrativos e projeto utilizado. Lembrando q para q o projeto funcione é necessário ter um ENDPoint e Token q é conseguido solicitando diretamente para o criador da API no contato acima descrito. Vídeo 1 - Introdução Vídeo 2 - Demonstração Backup Projeto na versão Windev 22 *Atenção* Precisa da URL do EndPoit e do Token da API q tem q ser vistos direto com o pessoal da API
  2. @Jonilton Araujo não entendi exatamente o q vc precisa, poderia fornecer mais detalhes?
  3. Olá pessoal esqueci a senha aki do HFSQL Control Center, pra acessar o banco de dados. Tem algum tutorial de como resetar?
  4. Se passa somente o XML e no RPT carrega ele, mesmo se tiver alguns campos q puxam do sistema, tem como simular caso vc compartilhe o RTP, fora isso não tenho problema nos previews e não sei o q poderia estar causando o travamento se não tem mensagem de erro. Vc testou em outras maquinas pra ver se travam tb?
  5. Teria como vc fazer via troca de arquivo, banco de dados ou memória, o princípio é o mesmo, testei aki com via memória e funciona em termos... mas é arriscado pq o conteúdo da memória pode mudar, o mais garantido seria troca de arquivo e/ou campo no banco de dados. Talvez tenha outra forma, mas como sou iniciante não achei. Via memória vc passa o conteúdo pra memória da seguinte forma: // antes de imprimir ToClipboard( sVariavel ) // No Internal Component do Print preview pra capturar vc faz assim: IF ClipboardFormat(cfText) THEN Info(Clipboard()) // q fiz mostrar um info com o conteúdo passado anteriormente. END Essa forma é arriscada pq se no meio do processo o usuário deixar o Print Preview aberto abrir um navegador ou editor e pressionar um CTRL+C em algo, já ferra, coloquei aki mas pra efeito didático. O melhor ao meu ver (caso não tenha outra alternativa) seria campo no BD ou via troca de arquivo tipo criar um arquivo INI com uma chave pra ter a informação q vc quer. Ai antes de imprimir vc seta o arquivo INI e lá no Print Preview, caso precise da informação Lê o arquivo INI. Se for campo no BD seria setar o campo e ler ele depois. Essa forma parece mais segura.
  6. Não daria pra usar uma variável GLOBAL? Tipo o conteúdo dela vai com a origem e depois de gerar o relatório limpa o conteúdo.
  7. Sem passar a variável para a procedure não conheço a não ser se fosse global No teu exemplo ali somente se passasse Itens_Pedido(Itens)
  8. Excelente pergunta... Conforme manual.. segue... Regra de escopo variável Regra A regra de escopo variável é a seguinte: Se uma variável "global" para o projeto e uma variável "global" para uma janela tiverem o mesmo nome: a variável "global" na janela será usada em todos os eventos ou processos da janela e seus controles, bem como nos procedimentos "locais" da janela. a variável "global" para o projeto será usada em todos os outros processos . Se uma variável "global" para o projeto e uma variável "local" para um processo tiverem o mesmo nome: a variável "local" será usada apenas no processo em que essa variável foi declarada. a variável "global" para o projeto será usada em todos os outros processos . Se uma variável "global" com uma janela e uma variável "local" com um processo dessa janela tiverem o mesmo nome: a variável "local" será usada apenas no processo em que essa variável foi declarada. a variável "global" na janela será usada em todos os outros eventos ou tratamentos da janela e seus controles (incluindo os procedimentos "locais" da janela). nenhuma das duas variáveis pode ser usada no restante do projeto. Nota: As variáveis são específicas para o executável, o serviço da Web ou a sessão WEBDEV na qual foram declaradas. Opção de compilação Uma opção de compilação é usada para gerenciar o escopo das variáveis locais: Escopo das variáveis locais limitadas ao bloco atual . Se esta opção for selecionada, as variáveis locais serão específicas para o bloco em q estão localizadas. Não é possível usar uma variável local fora do bloco em que está declarada. A finalização da variável é executada no final do bloco (destruindo e liberando as mesmas da memória). É possível redeclarar uma variável com o mesmo nome em dois sub-blocos separados, mas não é possível redeclarar uma variável com o mesmo nome em um sub-bloco filho. Esta opção é selecionada por padrão para novos projetos. Para alterar esta opção: Exiba a janela de descrição do projeto: no painel "Projeto", no grupo "Projeto", clique em "Descrição". Na guia "Compilação", marque ou desmarque a opção "Escopo de variáveis locais limitadas ao bloco atual". Exceção A regra de escopo de variável não se aplica a constantes ou a variáveis de tipo de fonte de dados . Caso especial: Reports & Queries As variáveis globais do projeto podem ser usadas em relatórios e consultas criadas / modificadas com o software "Reports & Queries". Os itens para os quais a opção "Visível ao usuário final no software "Reports & Queries" está marcada no editor de modelo de dados podem ser usados no software "Reports & Queries". Se esta opção não estiver marcada, a seção poderá ser usada apenas por indirection (o recurso de auto-complete não estará disponível ao usuário, o item não estará disponível nos assistentes, nas Descriptions das Windows, etc...).
  9. Se puder anexar o RPT, simulo aki pra tentar te ajudar
  10. Pq vc não cria um segundo campo pra saber o tipo de arquivo e ai na hora de abrir vc lê esse campo antes e carrega conforme. Exemplo campo TipoArquivo Int onde 1.PDF 2.Imagem (JPG, PNG, BMP, GIF, etc) 3.Doc 4.Excel 5.TXT 6... 7... ... Ai vc trata primeiro o tipo do arquivo e depois carrega no controle apropriado pré definido SWITCH Midia.TipoArquivo CASE 1 // PDF oControlePDF = Midia.Arquivo oControlePDF.Visible = True CASE 2 // Imagem oControleImagem = Midia.Arquivo oControleImagem.Visible = True ... END
  11. Fiz conforme o exemplo aki do manual Logico q adaptando pra minha realidade, antes fiz um SQLConnect nConnection is int = SQLConnect("localhost","root","1234","farmasys","MariaDB") sSQLQuery is string = [ SELECT * FROM Produtos LIMIT 10 ] IF SQLEXect(sSQLQuery, "MyQuery") THEN SQLFirst("MyQuery") WHILE SQL.Out = False Trace( SQLCol("MyQuery", 2)) SQLNext("MyQuery") END // Aki mandei repetir SQLFirst("MyQuery") WHILE SQL.Out = False Trace( SQLCol("MyQuery", 2)) SQLNext("MyQuery") END ELSE SQLInfo() Error("Erro na execução da query", SQL.MesError) END SQLClose("MyQuery") Não usei analisys.
  12. Fiz uma simulação aki conforme @nathanreys e funcionou.
  13. Em teoria era pra ter funcionado, então tenta o seguinte, cria uma STRUCTURE, carrega ela com o resultado e depois varre ela qtas vezes quiser.
  14. Usa SQLFirst("aSQL") e depois manda repetir o While novamente
  15. E o SQLLock @Mello Junior conforme postei no manual? A PCSOFT pelo q li diz q funciona, vc já chegou a testar?